Seminário sobre Luiz Beltrão comemora 30 anos do I Encontro de Folklore

encontro folkcom 1976
Para participar da celebração do ano dedicado ao comunicólogo, a Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa , através do Departamento de Comunicação e Turismo (DecomTur), realiza nos dias 23 e 24 de novembro o Seminário “ O pensamento comunicacional de Luiz Beltrão no ensino da comunicação no Brasil: sua presença na Paraíba”. O evento também comemora os 30 anos do I Encontro de Folclore da Paraíba, realizado em outubro de 1976, na cidade de Pombal, que contou com a participação de Luiz Beltrão.

 


Este ano várias instituições de ensino e pesquisa realizaram homenagem a Luiz Beltrão, pioneiro nos estudos sobre os fenômenos comunicacionais nas universidades brasileiras.

Fundou o Instituto de Ciências da Informação (ICINFORM), primeiro centro acadêmico nacional de estudos midiáticos e, em 1963, criou Comunicações & Problemas , primeira revista de ciências da comunicação da Universidade Católica de Pernambuco. Luiz Beltrão tornou-se o primeiro Doutor em Comunicação do Brasil , pela Universidade de Brasília (UnB), no ano de 1967, e sua obra ganhou reconhecimento nacional e prestígio internacional, no âmbito do jornalismo e da comunicação de massa.

Para participar da celebração do ano dedicado ao comunicólogo, a Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa , através do Departamento de Comunicação e Turismo (DecomTur), realiza nos dias 23 e 24 de novembro o Seminário “ O pensamento comunicacional de Luiz Beltrão no ensino da comunicação no Brasil: sua presença na Paraíba”. O evento também comemora os 30 anos do I Encontro de Folclore da Paraíba, realizado em outubro de 1976, na cidade de Pombal, que contou com a participação de Luiz Beltrão.

O evento, que acontecerá no Auditório da Reitoria, visa entre outras coisas fomentar as atividades de Pesquisa, Ensino e Extensão de professores e alunos dos referidos cursos, além de r efletir sobre a importância do pensamento comunicacional de Luiz Beltrão no ensino da comunicação no Brasil, no Nordeste e especialmente na Paraíba.

A solenidade de abertura está prevista para as 19h seguida da conferência Celebração dos 30 anos do I Encontro de Folclore da Paraíba na Cidade de Pombal , com o ex Pró-Reitor da UFPB, professor Iveraldo Lucena da Costa. Ainda haverá uma exposição fotográfica, exibição do filme Festa do Rosário de Pombal , documentário produzido pela UFPB, em 1976, além de uma homenagem aos professores, pesquisadores e agentes populares que participantes do Encontro de Folclore, realizado na cidade de Pombal em 1976.

A programação da sexta-feira (24) tem início às 9h, com a conferência O Pensamento Comunicacional de Luiz Beltrão: das raízes nordestinas às matrizes internacionais, a cargo do professor José Marques de Melo , presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Às 10h30, haverá uma mesa-redonda com o professor Roberto Benjamin , da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), sobre A folkcomunicação no contexto da sociedade midiatizada.

As atividades serão retomadas a partir das 14h30, com Luiz Beltrão na sala de aula: testemunhos de ex-alunos e alunas , mesa-redonda que contará com a participação de alguns ex-alunos do comunicólogo. Às 16h, o tema que será discutido é A contribuição do pensamento de Luiz Beltrão para o jornalismo brasileiro.

Uma conferência, às 19h30, sobre A contribuição do marco teórico de Luiz Beltrão para o desenvolvimento do ensino da comunicação na Graduação e na Pós-graduação, com Antônio Hohlfeldt, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), encerra a programação do Seminário.

Na foto acima, da esquerda para a direita, Roberto Benjamin , Ricardo Noblat , Altimar Pimentel , Carmen Isabel, Luiz Beltrão e, ao fundo, Chico Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *