Papangus do Carnaval de Bezerros são tema de dissertação

2011-defesa-eliana-papangus03.jpgA pesquisadora Eliana Maria de Queiroz Ramos defendeu após o carnaval, na sexta-feira, dia 11 de março de 2011, às 14h, no Departamento de Educação da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a dissertação de mestrado em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (Posmex)  : Estratégias de comunicação do Plano Nacional de Turismo em Bezerros (PE): análise dos Papangus de Bezerros como ferramenta do turismo cultural e do desenvolvimento local sob o olhar folkcomunicacional, com orientação da doutora em comunicação, pela Universidade Metodista de São Paulo, profa. Betânia Maciel.

Siga lendo a notícia para saber mais


Apesar de centenário, no final dos anos 90 em diante, o carnaval de Bezerros começou a ganhar destaque na mídia, demarcando espaço no contexto da espetacularização, a ponto de criar mais uma opção no calendário do carnaval, para escoar os carnavais de Olinda e Recife. “A divulgação do Papangu como elemento folkcomunicacional atraiu recursos governamentais, trazidos para desenvolver oturismo”, frisa a pesquisadora. A banca contou ainda com os professores Roberto Benjamim, Dacier de Barros e Silva , Irenilda Lima e Marcelo Sabbatini.

2011-defesa-eliana-papangus01.jpg 2011-defesa-eliana-papangus02.jpg
2011-defesa-eliana-papangus07.jpg 2011-defesa-eliana-papangus03.jpg
2011-defesa-eliana-papangus08.jpg 2011-defesa-eliana-papangus05.jpg
2011-defesa-eliana-papangus04.jpg 2011-defesa-eliana-papangus06.jpg

Com a economia estagnada, a Política Pública do Programa Nacional de Municipalização do Turismo (PNMT), de 1994 a 2002, lançou mão de estratégias participativas para o desenvolvimento socioeconômico de uma localidade baseada em três pilares: governo, iniciativa privada e comunidade local. “A espetacularização do carnaval de Bezerros é uma invenção do PNMT como estratégia de desenvolvimento, utilizando estratégias de comunicação.”, relata Eliana Queiroz.

O estudo de caso sobre o Papangu de Bezerros está estabelecido na teoria da folkcomunicação, termo alcunhado do jornalista olindense, Luiz Beltrão, que foi o primeiro doutor em comunicação do Brasil, título concedido em 1967, pela Universidade de Brasília. Para o autor pernambucano, folkcomunicação é: processo de intercâmbio de informações e manifestações de opiniões, idéias e atitudes da massa, através de agentes e meios ligados direta ou indiretamente ao folclore.

Papangu foi lembrando por Escolas de Samba do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul

A Escola de Samba Unidos da Tijuca, do Rio de Janeiro, atual campeã do carnaval carioca, desfilou com o tema este ano: o mund

o do carnaval – um olhar sobre a cultura dos povos. A agremiação carnavalesca teve uma ala completa em homenagem aos brincantes de Bezerros. Foram 40 máscaras de 1 metro e 50 centímetros de altura, que mexeram com a beleza e o encanto na Sapucaí. Além do Carnaval carioca, os Papangus de Bezerros foram convidados para desfilar no carnaval de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. O desfile da Unidos da Tijuca  aconteceu por volta das 00:15 (madrugada da segunda-feira e primeiro dia dos desfiles no dia 06 de fevereiro, domingo), sendo a quarta escola a colocar o enredo na Marques de Sapucaí.

 Profa. Eliana Queiroz – é jornalista, radialista, escritora, especialista em turismo cultural, mestre em extensão rural e desenvolvimento local e pesquisadora da Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação.  Fone: 81 3272.2575 9285.1182

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *