“Mídia e Consumo” é temática do novo volume da obra Pensamento Comunicacional Brasileiro

Pensamento Comunciacional v 3“Mídia e consumo” é a última temática abordada pelo Pensamento Comunicacional Brasileiro: o legado das Ciências Humanas, título esse que dá nome à obra, dividida em três volumes, lançada por José Marques de Melo e Guilherme Fernandes.  “História e Sociedade” (2014) e “Cultura e Poder” (2015) foram os recortes respectivos dos dois primeiros volumes. Publicados pela Editora Paulus, juntos, os três livros mobilizaram 112 pesquisadores, além dos 30 pensadores que compõem os textos-base. Trata-se de mais uma publicação de fôlego liderada pelos mesmos autores que lançaram, em 2013, Metamorfose da Folkcomunicação, livro referência aos estudos folkcomunicacionais.

A obra completa integra pesquisadores de todos os Estados brasileiros, escolhidos e convidados à participação de acordo com suas pesquisas e afinidade com os temas e autores relacionados. Cada um dos pesquisadores atuou como intérprete-leitor na análise dos textos-base; textos esses, em sua maioria, oriundos de áreas conexas às Ciências da Comunicação. Segundo Guilherme Fernandes, os escritos estão “em consonância com as preocupações do professor Marques de Melo de resgatar e trazer à baila o estado da arte da comunicação”; dando preferência a uma visão do processo comunicacional de modo mais lato que stricto.

No preâmbulo do terceiro volume, escrito por Luís Humberto Marcos, secretário geral da AssIBERCOM, ele destaca que a novidade do livro “não está na emersão da Comunicação a partir das ‘ciências humanas’, ou das ‘ciências sociais e humanas’, designação que suscita dúvidas epistemológicas. A novidade está na segmentação e sistematização dos mais variados campos da progressão científica brasileira, em articulação com as principais correntes do pensamento europeu (e não só), nos espaços da sociologia, da psicologia, da antropologia etc. A novidade está na riqueza de reflexões que se cruzam, criticamente, com diferentes olhares.”

Pensamento Comunicacional Brasileiro: o legado das Ciências Humanas – “Mídia e Consumo” está dividido em duas seções. A primeira, que trata dos fluxos comportamentais (consumo, participação e opinião pública), traz o pensamento de Gabriel Cohn, Arthur Ramos, Cândido Mendes, Samuel Pfromm Netto, Ingrid Sarti e Octavio Ianni. A segunda seção reúne o pensamento de Octávio Eduardo, Florestan Fernandes, Dante Moreira Leite, Maria Isaura Pereira de Queiróz, Luiz Costa Lima e Fernando Henrique Cardoso; na intenção de apresentar seis correntes metodológicas possíveis aos estudos da Comunicação no campo das Ciências Sociais Aplicadas.

É possível ver aqui o sumário do terceiro volume e seus elementos pré-textuais. Os sumários e elementos pré-textuais dos dois primeiros volumes também podem ser acessados: “História e Sociedade”; “Cultura e Poder”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *