Estadual da Paraíba discute festejos juninos

festejos juninosO Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba realiza de 5 a 7 de junho próximo, no Teatro Rosil Cavalcanti, em Campina Grande, o “V Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”. Este ano o tema central será Urbanização, Estado e Mídia na Reinvenção das Festas Populares.

O objetivo do evento é possibilitar uma ampla discussão entre os participantes dos fatores que estão contribuindo para as mudanças nas festas populares na atualidade, especialmente, àquelas relacionadas com o período junino.

De acordo com a organização, os eixos temáticos desta edição vão além do acadêmico e buscam explicações, interpretações e redefinições das políticas públicas voltadas às festas populares no atual contexto da sociedade. Para contemplar todas essas discussões, o evento conta com a realização de palestras, mesas redondas, apresentações de trabalhos científicos, mostra de vídeos e oficinas.

O Seminário tem apoiado iniciativas e ações oriundas do setor privado, cujo intuito é promover e fortalecer as manifestações folkcomunicacionais e da cultura popular. Daí porque, este ano, será prestada uma homenagem aos 20 anos do Forró Fest, festival de música regional promovido pelas TV’s Paraíba e Cabo Branco.

As inscrições para o V Folkcom estão sendo feitas na Secretaria do Departamento de Comunicação Social da UEPB, Av. Pedro I, sem número, Campina Grande-PB. O pagamento das taxas é R$ 40,00 para profissionais e R$ 20,00 para estudantes.

Os interessados em inscrever artigos científicos, que abordem o tema central do Seminário, tem até o dia 1º de junho para submeterem seus trabalhos para o e-mail folkcom2008 [arroba] gmail [ponto] com, onde maiores informações sobre o seminário também poderão ser obtidas.

As modalidades de trabalho serão Comunicações Científicas – CC (artigos científicos produzidos por docentes, pesquisadores e/ou estudantes de pós-graduação); Iniciação Científica – IC (artigos oriundos de relatórios de pesquisa ou de Trabalhos de Conclusão de Curso produzidos por estudantes dos cursos de graduação) e Projetos de Extensão – PE (relatórios e apresentação de projetos na área temática do evento). Os trabalhos devem conter entre 10 e 15 páginas, obedecendo às regras atuais da ABNT.


Saiba mais sobre o Seminário

Pesquisadores e estudiosos apontam fatores diversos como determinantes das mudanças que afetam as manifestações folkcomunicacionais e culturais na contemporaneidade. As edições anteriores do seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular evidenciaram esse esforço de refletir sobre tais transformações a partir de uma concepção multidisciplinar fugindo, sempre que possível, de abordagens reducionistas.

A idéia inicial do Seminário continua sendo defendida e fortalecida anualmente com base na reflexão das variáveis que interferem na reformulação, recriação e reinvenção das festas juninas e de tantas outras de natureza e características populares.

Assim é que o V Seminário os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular tem como tema central Urbanização, Estado e Mídia na Reinvenção das Festas Populares, para conduzir as reflexões entre palestrantes, debatedores e participantes do evento, em seus três dias de realização.

Foi a forma encontrada pelos organizadores do evento para uma maior valorização dos inúmeros estudos, projetos e pesquisas desenvolvidos por professores e pesquisadores das universidades e fundações localizadas na região Nordeste, possibilitando o surgimento de novos caminhos teóricos e metodológicos para os segmentos interessados nos temas culturais no contexto nordestino.

Os eixos temáticos da V Edição do Seminário vão além do acadêmico e buscam explicações, interpretações e redefinições para uma melhor compreensão e atuação das políticas públicas que estão sendo adotadas nas esferas federal, estadual e municipal no campo das atividades artísticas e culturais relacionadas com as festas populares no atual contexto da sociedade.

O evento também tem apoiado iniciativas e ações oriundas do setor privado, cujo intuito é promover e fortalecer as manifestações folkcomunicacionais e da cultura popular. Daí porque neste ano os organizadores do Seminário estão homenageando os 20 anos de realização do Forró Fest.

Ao longo de sua existência, o Forró Fest tem demonstrado firmeza e persistência em seu propósito de revelar novos talentos e tendências artístico-culturais, responsáveis pela recriação da música regional nordestina.

Já é um bom tempo para avaliação dos resultados alcançados, das contribuições dadas e interferências feitas em defesa da valorização dos ritmos musicais que representam as identidades da região Nordeste.

O V Seminário os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular presta a sua homenagem aos idealizadores, promotores e participantes de um festival cuja preocupação maior é com o desenvolvimento e a revitalização dos valores culturais regionais em tempos globalizados e midiatizados.

Objetivos
• Analisar as mudanças que estão ocorrendo nas festas juninas, manifestação cultural de tradição rural, a partir da interferência de fatores relacionados com o processo de urbanização nas grandes cidades brasileiras, de origem e tradições rurais;
• Identificar de que forma as políticas públicas estão interferindo no processo de reinvenção das festas populares no contexto nordestino;

• Verificar de que forma a mídia regional está construindo os noticiários locais visando inclusive a ocupação de espaços em rede nacional, a respeito dos temas e conteúdos relacionados com as manifestações folkcomunicacionais e da cultura popular, especialmente, no tocante aos festejos juninos.

• Avaliar as influências e contribuições do Forró Fest, ao longo de seus 20 anos de realização, para a música regional nordestina.
PÚBLICO ALVO
Professores, pesquisadores e estudantes de comunicação, cultura popular e áreas afins, artistas, agentes culturais e comunitários, radialistas, produtores de rádio e televisão, docentes e alunos do ensino básico.
Chamada de Trabalhos
O V Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular receberá inscrições de trabalhos até o próximo dia 1º de junho de 2008, nas seguintes modalidades:
a) Comunicações Científicas – CC (artigos científicos produzidos por docentes, pesquisadores e/ou estudantes de pós-graduação);
b) Iniciação Científica – IC (artigos oriundos de relatórios de pesquisa ou de Trabalhos de Conclusão de Curso produzidos por estudantes dos cursos de graduação);
c) Projetos de Extensão – PE (relatórios e apresentação de projetos na área temática do evento).
Orientações Editoriais

Os trabalhos encaminhados para apreciação da Comissão de Seleção devem abordar a temática do V Seminário os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular (tema central: Urbanização, Estado e Mídia na Reinvenção das Festas Populares), contendo as seguintes orientações editoriais:

Título
Em negrito, fonte Times New Roman, tamanho 14, alinhamento à esquerda.
Autor (es)
Último sobrenome em maiúsculas, titulação ou graduação, identificação da instituição e unidade da federação.
Resumos

O resumo deve conter o título e o(s) autor (es), ser formatado em Word, fonte Times New Roman, tamanho 12, contendo 10 a 15 linhas em espaçamento simples e, pelo menos, três palavras-chave, contemplando a área e sub-área temáticas ou interfaces disciplinares do tema do Seminário.

Texto
Alinhamento justificado; Word, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entrelinhas de 1,5, margem superior/inferior e esquerda/direita 3 cm, de 10 a 15 páginas, incluindo as referências bibliográficas.
Os resumos e os textos completos devem ser enviados por e-mail para a coordenação do evento, em arquivo anexo, para folkcom2008 [arroba] gmail [ponto] com.
Divulgação do aceite: 02 de junho de 2008.

As inscrições poderão ser feitas na Secretaria do Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba, Av. Pedro I, sem número, Campina Grande-PB. O pagamento das taxas será de 40,00 (quarenta reais) para profissionais e 20,00 (vinte reais) para estudantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *